top of page

Quem sou eu e o que é o yoga para mim

Atualizado: 17 de mar. de 2023


Comecei a minha prática de Yoga no ano de 2000. Pretendia uma atividade mais calma e que me ajudasse a manter o equilíbrio na profissão que tinha na altura. Licenciei me em Sociologia e trabalhei alguns anos em intervenção social e comunitária com programas nacionais e europeus. Era uma atividade muito desgastante e stressante e daí ter procurado o equilíbrio no yoga. E encontrei. Durante alguns anos só tinha por objetivo ser praticante de yoga, dar aulas estava de todo posto de lado.

Mas a realidade não foi essa. Por muitos motivos, a vida orientou me para um caminho diferente. A prática de yoga cresceu. Conheci outras pessoas que estavam com interesse em mudar de vida e os objetivos comuns foram acontecendo.

O grande impulsionador dessa mudança, foi o Firminiano Fonseca, o meu professor de muitos anos. Existiu vontade de se criar uma associação, o Núcleo de Yoga de Almada. Comecei assim a dedicar me aos poucos a esta associação e sem pensar muito, ao fim de 7 anos de prática , fui tirar um curso de instrutores de Yoga na Federação Portuguesa de Yoga. Começou assim esta mudança de vida. Ao mesmo tempo que continuava a dar poucas aulas, a minha outra atividade começou a deixar de ter sentido para mim, pois deixei de acreditar no que fazia. Começaram a surgir mais possibilidades para dar aulas e a consequência natural foi optar por deixar a outra atividade e dedicar-me ao yoga.

A existência do Núcleo de Yoga de Almada terminou em Janeiro de 2020, ao fim de 13 anos de atividade e eu decidi abrir um estúdio próprio para continuar a dar aulas.

Este blog, com este nome, Saṅgha, que de forma muito simples, significa comunidade, pretende ser um complemento às minhas aulas e ao estúdio de yoga, que se pretende também que tenha o espirito de comunidade.


Pretendo partilhar aqui algum do conhecimento e opiniões que tenho, que vou adquirindo nas formações que continuo a tirar com diferentes professores.

Assim, durante este percurso fui refletindo sobre o que é yoga mim.

A palavra Yoga tem muitos significados. Podemos pensar de onde vem a palavra, a sua tradução, que é um sistema filosófico com um conjunto de técnicas e ferramentas que ajudam a melhorar a condição física e mental, a via do auto conhecimento, etc.

Não discordo de todo disso, mas isso acontece na aula, naquela hora, no tapete. E depois? Esquece se de tudo isso?

Por isso para mim, Yoga começa nesse momento, através do corpo, mas não se esgota aí. Continua no dia-a-dia: na forma como escolho atuar e comportar-me com os outros, na forma como escolho tratar as pessoas que comigo convivem. Na forma como me alimento, o que escolho comer (e sim essa é a parte mais difícil para mim). Nas escolhas que faço relativamente aos cuidados ambientais, na forma como compro coisas. Na forma como lido comigo, na aprendizagem que faço e nas transformações que sinto. Estar consciente. Estar presente.

Para mim, isso é praticar yoga.



8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page